22 dezembro 2014

iPad alça novos voos - e pousos


Já não é novidade que companhias aéreas em todo o mundo estão substituindo os grossos manuais de suas aeronaves por um iPad contendo o manual, porque isso já vem ocorrendo há alguns anos. Mas e se o iPad saísse da posição de coadjuvante para protagonista na hora de pilotar o avião? Pois é isto que está em vias de acontecer com o lançamento de uma atualização a ser lançada para o aplicativo Xavion.

O Xavion já existe desde meados de 2013, e auxilia os pilotos fornecendo informações ligadas à meteorologia e oferecendo alternativas de rota.

De acordo com o site do projeto, o Xavion poderá, no início de 2015, se conectar ao piloto automático de pequenas aeronaves, monitorar o voo e auxiliar no pouso até a aproximação, mas, nos testes feitos até aqui, o piloto tem assumido o comando nas etapas finais do pouso, e é assim que o app deverá ser usado na prática.

Apertem os cintos, o piloto é o iPad! Ave Maria, cheia de graça...

O Xavion poderá ajudar no pouso e até mesmo ter papel fundamental em casos de emergência,  como falhas no motor, localizando campos abertos ou alguma pista de pouso no caso de uma falha de motor

Tudo isto será possível com uma atualização que será oferecida ao aplicativo que permitirá sua integração via wifi ao piloto automático.

De acordo com a revista Popular Science, o desenvolvimento deste tipo de sistema pode custar até 1 milhão de dólares, e, geralmente, são oferecidos no mercado por 30 mil dólares, e é aí que entra o diferencial do Xavion, que pretende ser um serviço monetizado em que se cobrará anuidade de 200 dólares.

Mas há um ponto controvertido: o próprio criador do projeto, Austin Meyer, não acredita que obterá certificação das autoridades pertinentes, mas, mesmo assim, acredita que poderá ofertar o aplicativo.

Para mais informações, leia a reportagem completa (em inglês).

Nenhum comentário:

Postar um comentário